769386_foto1Características

Esse produto é o mais solúvel, existente no mercado. Seu Poder de Neutralização é de 98 % e por isso, muito mais ativo que os outros corretivos minerais existentes.

O calcário dolomítico é indicado a todo solo que apresenta problemas de acidez, não importando a atividade. Suas características de solubilidade, permitem que seja usado em culturas como: hortaliças, cereais, café, cana de açúcar, pastagens, capineiras, etc. O resultado de seu uso é visto pelo produtor, na mesma safra, não necessitando de prazo entre a aplicação e o plantio, como nos demais corretivos.

O calcário dolomítico tem uma concentração de cálcio e magnésio maior que os demais corretivos, e com isso o agricultor economiza: transporte, embalagem e mão de obra. Pois necessitará de quantidades menores facilitando o trabalho do agricultor. Dado a sua alta solubilidade e ao pequeno volume de aplicação, não existe risco de impermeabilização do solo.

Aplicação

Para um melhor uso do corretivo deve-se observar o seguinte:

No caso de cultura como: arroz, milho, feijão, mandioca, hortigranjeiros e outras culturas cíclicas, o corretivo deverá ser aplicado ao terreno 20 dias antes do plantio.

Nas culturas anuais como café, laranja, cacau, cana de açúcar, etc… ele deve ser aplicado na cova ou no suco do plantio, da altmesma forma que se usa os adubos.

Para um total aproveitamento e melhor aplicação do corretivo, é necessário que o solo seja devidamente analizado, portanto, procure um agrônomo ou o escritório da Emater de sua cidade.